30 de jan de 2009

O que Podemos Esperar Esse Ano?


O ano começa e não poderia deixar de dar meu depoimento sobre minha expectativa para esse novo ano que se inicia, e falar sobre o nosso Avaí.
Espero que durante muitos e muitos anos possamos continuar a esperar varias horas em intermináveis congestionamentos para chegar a nossa bela casa, só para sentir o cheiro de espetinho de gato, dar uma passada na toca ou no bar do Chapecó para dar um abraço nos amigos e tomar aquela gelada que o seu Tullo tanto gostava.

Entrar no estádio e não se cansar de olhar para os lados e ver como ele é belo, pensar como seria gostoso jogar em um “tapete”, como o que temos na ressacada, esperar ansiosamente pela entrada do time em campo, e gritas junto com um estádio lotado “Solta o Leão, Solta o Leão”.

Fazer a festa quando os jogadores entram em campo, gritar o nome de cada um deles, ficar apreensivo quando o outro time ataca, e quase ter um infarto quando o adversário coloca uma bola na trave, xingar o juiz quando este não der uma falta nem tão clara assim a nosso favor, querer esganar o jogador que errou o chute, ou não passou a bola.

Mas o que mais espero seu Rogério é explodir de tanta alegria quando o Leão marcar o gol, e abraçar o torcedor ao meu lado sem nem saber quem ele é, é ajudar a subir o camisão do setor B, queimar os dedos fazendo festa com os sinalizadores, sorrir como uma criança que acaba de ganhar um presente, gritar até ficar sem voz que sou Avaíano de coração.

Há eu também espero que o Avaí faça uma grande campanha, monte um grande time, mas se em todos os jogos do Avaí tudo isso que eu espero acontecer, com certeza é porque ele fez um grande time e esta fazendo uma bela campanha, e a ressacada estará sempre lotada, e não vou me importar nem um pouco com filas e tumulto.
Mas minha expectativa maior é para ver a família avaíana crescer ainda mais e continuar a ser a maior e mais feliz do estado.

27 de jan de 2009




Em nossa enquete realizada a algum tempo aqui no blog a vencedora e escolhida para ser nossa musa do brasileirão foi a Pri Barbi, que aparece a cima em uma de suar jornadas de trabalho na nossa bela ressacada, claro que nossa enquete era uma brincadeira, mas nosso querido Tullo pai que nos olha lá de cima com certeza ficou feliz de saber que ela seria uma de nossas opções, mas com tantas opções como a garota verão 2007 Gabrielle Estevans Melo de Souza e nossa eterna musa Maryeva Oliveira.

Isso sem levarmos em conta as belas torcedoras anônimas que vemos ao nosso lado nos estádios e nas esquinas da cidade. De qualquer forma e seja ela quem for com certeza estaremos bem representados, e faremos bonito no campeonato dentro e fora de campo.

23 de jan de 2009

“Minha vida é andar por este país pra ver se um dia descanso feliz”, a letra da música de Luiz Gonzaga retrata meu dia a dia como Auditor. Nestas andanças pelo Brasil passo um sufoco para conseguir acompanhar o nosso Avaí de longe, internet, rádio, celular, em fim o que estiver ao meu alcance eu faço para acompanhá-lo e muitas vezes fico no escuro, pois vou a lugares sem internet, onde o celular não pega e rádio só local.

Agora começa uma nova temporada e minha agonia continua, durante conversa em roda de amigos invariavelmente escuto reclamações sobre como é difícil ir à ressacada, sobre a desorganização nas sociais, enfim vários lamentos sobre o assunto.

No entanto eu falo a vocês que passaria tudo isso rindo e feliz para poder estar vendo o nosso leão de perto a cada jogo, pois a agonia de estar, por exemplo, em um dia de clássico em Buritis – Rondônia sem internet ou celular é muito grande como apaixonado que sou.
Por isso antes de reclamar das filas ou do cara que esta na suas cadeira pense que você é um privilegiado por estar assistindo um jogo do Avaí na séria A.

Por isso pense sempre no que você pode fazer pelo Avaí e não o que o Avaí pode fazer por você.

4 de jan de 2009



Estava navegando na internet a procura de noticias sobre o jogo do Juniores do Avaí na copa São Paulo de Futebol Junior quando entrei no site do ClicRGS e me deparei com a imagem a cima, mais uma grande prova de imparcialidade da empresa, os dois clubes da ilha jogaram, infelizmente nós perdemos e o time do Brócolis ganhou, notem bem a diferença de tratamento, o espaço e a visualização que tem a reportagem sobre o Avaí mesmo se tratando de uma derrota, e a reportagem sobre a vitória do brócolis.

O pior é que vamos ter que agüentar eles no Catarinense também.